Todos temos que fiscalizar

Permissionário participe ativamente no combate dos problemas do mercado

 A tecnologia tem facilitado o dia a dia de todos. Redes sociais, aplicativos vem sendo usados contantemente e muitos já não conseguem viver sem eles. Diversos setores profissionais tem utilizado essas tecnologias para facilitar a comunicação entre si. Não diferente disso, o Sincaesp criou um grupo no WhatsApp, que funciona desde fevereiro de 2015, o “Unidos Somos Fortes”. Essa ferramenta tem sido útil aos permissionários para fazerem denúncias, reclamações e solicitações. 

Para Aderlete Maçaira, diretora administrativa do Sincaesp, “esse grupo hoje conta com 413 permissionários cadastrados. Mas nem todos são atuantes, muitos tem receio de denunciar, mas temos que entender que a denúncia não é para criticar o serviço da fiscalização ou gerencia do mercado e sim colaborar com eles. O número de fiscais que o mercado possui é pequeno e não dão conta de todo o ETSP. Através do grupo “Unidos” somos ‘os olhos’ do mercado”.
“Ao denunciarmos alguma atividade irregular, com foto, os fiscais podem ir direto ao local facilitando o seu trabalho e tomando as ações necessárias. Precisamos combater o que está errado”, finaliza Aderlete.

Ao receber alguma solicitação ou denúncia, imediatamente o gerente do Entreposto ou os agentes de campo do Sindicato são informados e entram em contato com setor competente da Ceagesp. Isso tem gerado agilidade no encaminhamento e na solução dos inúmeros problemas do mercado.
“Exigimos da Ceagesp uma ação intensiva que traga retorno para melhorar os nossos negócios”, afirma José Luiz Batista, presidente do Sincaesp. “Queremos que essas denúncias, através dessa ferramenta, tenham um impacto positivo, fortaleça o mercado e salve a nossa atividade, por isso todos devem participar. Problemas desde um buraco, um cano vazando, uma atividade suspeita, comércio clandestino. Não precisam ter medo, o nome do denunciante não é divulgado para a Ceagesp, é o administrador do grupo que encaminha as mensagens. Vamos arregaçar as mangas e denunciar. Somos nós que vamos salvar esse mercado. Temos que colaborar para a sua organização porque um grande número de pessoas são beneficiadas pela confusão”, finaliza Batista.

 

Atendimento

Avenida Dr. Gastão Vidigal, 1946
EDSED II - Sala 17 A 22
CEAGESP - Vila Leopoldina
CEP:05316-900 - SP - Brasil

Contato

Fone: 11 3643-8888
E-mail: sincaesp@sincaesp.org.br

Redes sociais

       

Área restrita

Lembrar-me