• Home
  • Notícias
  • A importância da prevenção primária na segurança pessoal

A importância da prevenção primária na segurança pessoal

Capitão da PM Ricardo Nicotari dá dicas importantes para a segurança básica do cidadão 

03/08/2015

A segurança pública foi disciplinada pela Constituição Federal de 1988 no artigo 144, em seus incisos e parágrafos, delegando às diversas forças policiais (Polícia federal, Polícia rodoviária federal, Polícia ferroviária federal, polícias civis, polícias militares e corpos de bombeiros militares) competências específicas para o exercício da segurança pública em todo território nacional. Sabiamente, neste mesmo artigo 144, “caput”, o constituinte delineou que a segurança pública é dever do Estado e, também, direito e responsabilidade de todos. Neste tocante pode-se afirmar que todos os cidadãos fazem partem deste processo de melhoria da qualidade de vida de seu bairro ou local onde trabalha, estuda e etc.

Corroborar com a segurança pública está intrinsecamente ligado a atitude proativa de todos. Muitos fatores influenciam na segurança, tais como, um terreno baldio com mato alto, falta de iluminação, precariedade da pavimentação de ruas, falta de sinalização de trânsito, praças mal cuidadas, casas e construções abandonadas, pessoas em situação de vulnerabilidade sem assistência integral, bares irregulares, animais abandonados em via pública, falta de poda de árvores, entre outros.

A Polícia Militar, quando constatada tais situações, promove a comunicação dessas irregularidades ao poder público por meio de um documento denominado RAIA (Relatório sobre a averiguação de incidente administrativo) o qual relata com detalhes as circunstâncias que necessitam de ação, atuando, assim, proativamente. Da mesma forma, aconselha-se ao próprio cidadão que comunique ao poder público essas irregularidades e que, se o próprio cidadão for o causador, como por exemplo, ser o proprietário de um terreno com mato alto, tenha consciência que sua atitude é muito importante para todos nós.

Seguindo a vertente da prevenção primária cabe ressaltar a importância da conduta do cidadão no seu dia a dia.

Geralmente a atitude da própria pessoa pode salvar sua própria vida. Cito rotineiramente em minhas palestras essa importante atitude com o exemplo da professora que ao chegar em casa identificou três jovens do outro lado da rua, que naquele momento, atenta, achou estranha a conduta deles, deslocando-se até a Base da Polícia Militar mais próxima informando sobre os jovens. Com base as informações da professora, os policiais militares deslocaram-se até o local e durante a abordagem, surpreendeu um deles com uma arma de fogo, um revólver calibre 38, municiado, e ao serem indagados confessaram que iriam matar a professora. Não cabe aqui a análise do por que da atitude desses jovens, mas, sim, enfatizar a ação proativa da professora que suspeitou da conduta e acionou a Polícia Militar.

Com o objetivo de reforçar a importância da prevenção primária para o cidadão, seguem algumas dicas de segurança para o dia a dia:

- Tenha atenção especial a sua volta. Lembre-se que os assaltantes valem-se principalmente do fator surpresa e da desatenção para atacarem suas vítimas;

- Evite a ação de ladrões, não ostentando corretinhas, jóias, grande quantidade de dinheiro e outros objetivos de valor em público;
- Mesmo ao falar no celular em via pública, atente-se a sua volta;

- Evite se locomover por caminhos mal iluminados, becos, vielas, mas se tiver que fazê-lo, que seja em grupo, acompanhado por outras pessoas;
- Não peça orientação e/ou informações a estranhos;

- Não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança, confie em seus instintos;

- Duvide das vantagens que lhe são oferecidas, tais como produtos bem abaixo do valor de mercado (podem ser roubados), bilhetes premiados de loteria (golpe do bilhete) e outras vantagens;

- Quebre a rotina, faça caminhos diferentes para sua casa ou trabalho, isso vai dificultar a ação do criminoso que está prestes a realizar um seqüestro, roubo a residência, roubo a estabelecimento comercial e até mesmo bancário (saidinha de banco e gerentes de banco);

- Se você notar que está sendo seguido aja com naturalidade, entre em qualquer lugar público e ligue para a Polícia Militar (Tel. 190);

- Conheça o seu vizinho (residência ou empresa). A Polícia Militar desenvolve o Programa Vizinhança Solidária que tem por incumbência fortalecer as relações mútuas entre os vizinhos de forma que possam se auxiliar e se protegerem;

- Saiba qual a sede da Polícia Militar mais próxima de sua residência ou trabalho, tenha em mãos o endereço e o telefone da sede. A sede da Polícia Militar que exerce o policiamento ostensivo e preventivo na região do CEAGESP é a 2ª Companhia da Polícia Militar, Rua Passo da Pátria, nº 1.601, Bairro Bela Aliança, e seu telefone é 3836-8749 que atende 24 horas;

- Na Companhia da Polícia Militar responsável pelo policiamento onde você reside ou trabalha você poderá se informar sobre as datas das Reuniões mensais do Conselho Comunitário de Segurança, também, conhecidos como CONSEG´s, o qual, o representante da Polícia Militar e da Polícia Civil se reúnem com a sociedade para discutirem os problemas de segurança local. Participe do seu CONSEG!

- Não se esqueça, ao observar pessoas em atitude suspeita, não pondere, ligue para a Polícia Militar no telefone 190 e deixe o policial constar se é um cidadão de bem ou um criminoso;

- Existem muitas outras dicas, mas entre elas a principal é: em caso de roubo não reaja, sua vida é o bem mais valioso que você possui!!!
Conte com a Polícia Militar e participe da segurança em seu Bairro.

CAPITÃO PM RICARDO NICOTARI

Experiência profissional: 20 anos na Polícia Militar do Estado de São Paulo
Bacharel em Ciências Policiais de Segurança e de Ordem Pública pela Academia de Polícia Militar do Barro Branco;
Bacharel em Direito pela UNIP;
Especialista “lato sensu” em Polícia Comunitária pela Universidade do Sul de Santa Catarina;
Especialista “lato sensu” em Gestão Integrada da Qualidade, Saúde e Segurança no Trabalho, Meio Ambiente e Responsabilidade Social pelo SENAC;
- Professor titular na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (São Paulo/SP) na matéria Polícia Comunitária;
- Atualmente é Comandante da 2ª Companhia da Polícia Militar do 4º BPM/M.

 

Tags: Sincaesp,, Segurança, Capitão

Atendimento

Avenida Dr. Gastão Vidigal, 1946
EDSED II - Sala 17 A 22
CEAGESP - Vila Leopoldina
CEP:05316-900 - SP - Brasil

Contato

Fone: 11 3643-8888
E-mail: sincaesp@sincaesp.org.br 
E-mail: sincaesp1990@gmail.com

Redes sociais

       

Área restrita

Lembrar-me